Governador anuncia concurso da Polícia Civil do Paraná para escrivão

Beto Richa anunciou o concurso nesta quarta.

O governador Beto Richa anunciou nesta quarta-feira (7) a realização de um novo concurso da escrivão da Polícia Civil do Paraná.

O anúncio foi feito durante nomeação de 20 novos delegados e 28 agentes da Polícia Científica.

O concurso para escrivão contará com 100 vagas imediatas mais cadastro reserva, com salário inicial de R$ 5.752,41.

O Luiz Carlos tem um preparatório em andamento para o concurso de escrivão e novas turmas serão abertas. Fique atento aqui no blog:

Curso para escrivão da Polícia Civil do Paraná – presencial

Curso para escrivão, papiloscopista e investigador – on-line

“Esse é um reforço importante na segurança pública do Paraná, que se soma a série de investimentos nesta área. É mais uma medida para fortalecer o trabalho da segurança em todo o estado e levar um serviço a altura das necessidades dos paranaenses”, afirmou o governador. Dos 420 delegados na ativa, 159 foram nomeados na gestão atual.

EDITAL – O delegado-geral da Polícia Civil, Naylor Robert de Lima, explica que será montada uma banca responsável pelo concurso para contratação de escrivães. Serão elaborados a produção do edital, a escolha da data da prova e outros detalhes.

Após todos os trâmites legais, o edital será publicado em Diário Oficial. “Esse é um anseio antigo e, por isso, vamos acelerar todo o processo para efetivar o concurso e atender essa demanda”, afirmou o delegado.

O último concurso para o cargo de escrivão foi realizado em 2009, sendo que as últimas nomeações aconteceram em 2014. Já para o cargo de delegado, o último concurso aconteceu em 2013, com últimas nomeações até 2016.

Para o secretário de Segurança Pública e Administração Penitenciária, Júlio Reis, a ampliação do quadro representa importante reforço na segurança.

Os 20 delegados nomeados nesta quarta-feira foram aprovados no último concurso, realizado em 2013. Após passarem por formação na escola de polícia, os delegados serão designados para comarcas do interior.

POLÍCIA CIENTÍFICA – Os 21 novos agentes da Polícia Científica ocuparão vagas para as funções de médico legista (12), perito criminal (2) e auxiliar de perícia oficial (7). Outros sete auxiliares de perícia passarão por exames médicos e deverão ser nomeados em breve, totalizando 28 funcionários.

A remuneração inicial para o cargo de nível superior é de R$ 9.264,57. Já a remuneração para o cargo de nível médio é de R$ 3.163,35. Para a função de médico legista, a jornada de trabalho é de 20 horas semanais. Para as demais funções, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O diretor-geral da Polícia Científica, Hemerson Bertassoni, explicou de que forma esses novos profissionais vão auxiliar no trabalho da polícia. “Serão alocados em Curitiba, Ponta Grossa e Londrina, conforme a necessidade das unidades do Instituto Médico Legal. Esses profissionais vão iniciar a escalada de complementação dos quadros da instituição. É um grande avanço para nós”.

Aulas, notícias, cursos, dicas e atualizações.

Cadastre-se e fique por dentro!