Jucepar contrata novos servidores aprovados em concurso público

Junta Comercial do Paraná.

O governador Beto Richa autorizou na última semana a nomeação de 53 novos profissionais da Junta Comercial do Paraná (Jucepar), autarquia responsável pelos processos de registro de empresas no estado.

São sete contadores, três administradores e 43 técnicos administrativos aprovados em concurso feito em novembro do ano passado.

Os profissionais vão passar por treinamento e a previsão é de que em 30 dias sejam encaminhados para a atuar na sede da Jucepar, em Curitiba.

De acordo com o presidente da Junta Comercial, Ardisson Akel, essa é a primeira vez na história em que foi realizado um concurso para quadro próprio da autarquia. “Essas novas contratações refletem na melhoria dos serviços e na qualidade do atendimento prestado pela Jucepar. Isso é essencial na atração de novas empresas e no desenvolvimento do Estado”, disse Akel.

Os nomeados vão atuar em vários setores – na Relatoria de Processos, Procuradoria, reforçar o atendimento do SAC e na Análise de Processos, além de dar apoio e suporte necessários aos 65 escritórios regionais do estado. A remuneração dos cargos está entre R$ 1.523,23 e R$ 3.657,27.

Segundo Akel, os profissionais ajudarão no trabalho de abertura, alteração e fechamento de empresas no estado. A Junta Comercial é a responsável por integrar os sistemas dos órgãos licenciadores e reguladores pelos quais os empresários precisam passar para completar o registro de empresas. “Esse papel transformou a Jucepar na porta única de entrada para os registros empresariais. O volume de trabalho também aumentou e a recomposição do quadro vai garantir que as etapas de registro continuem seguras e desburocratizadas”, diz.

Com a implantação do sistema Empresa Fácil Paraná na Jucepar, o processo de análise de documentação e liberação de certidões para o funcionamento de empresas leva, em alguns casos, poucas horas ou no máximo cinco dias úteis. O processo pode ser acompanhado online. Antes disso, algumas empresas só começavam a funcionar depois de 40 dias e com a necessidade de entregar os documentos presencialmente em vários órgãos.

Amanhã, dia 3 de abril, os nomeados devem comparecer à Jucepar com uma série de documentos para assinar a nomeação.

CONCURSO – O concurso foi realizado em novembro do ano passado, para 78 vagas, sendo 53 para técnico administrativo, seis para administrador, 16 para contador, duas para economista e uma para bibliotecário.

Neste primeiro momento, e de acordo com o parecer da Secretaria de Estado da Fazenda, a capacidade do estado com gasto de pessoal não permitiu a nomeação para todas as 78 vagas autorizadas.

No entanto, na sequência, tramitará novo processo para o restante das nomeações, desde que seja autorizado pela Secretaria da Fazenda. O edital de abertura já previa esse procedimento.

Aulas, notícias, cursos, dicas e atualizações.

Cadastre-se e fique por dentro!