PUCPR é campeã da 3ª edição da Liga Curitibana do Júri Simulado

Equipe da PUCPR, campeã de 2017.

A PUCPR venceu a 3ª edição da Liga Curitibana do Júri Simulado, evento promovido pelo Curso Luiz Carlos e os Centro Acadêmicos das faculdades/universidades participantes.

A final foi realizada no último sábado à tarde, no Tribunal do Júri. A equipe da UniCuritiba ficou com o 2º lugar.  Pela manhã, a Tuiuti venceu a disputa pelo 3º lugar, contra a FAE, que ficou com a 4ª colocação.

A PUCPR (acusação) foi representada pelos estudantes Luiz Henrique Cardelli, Abner Arias Fugaça, Rafael Luis Correa, Juliana Padilha de Souza, Daniela Urtado e João Leopoldo Siqueira. Pela UniCuritiba (defesa) atuaram Fernando Fernandes de Lara, Gabriel Soldi Monteiro da Rocha, Matheus Henrique Borges Martins, Cleysson Willian Vilaça de Jesus e João Manoel Vidal de Souza.

A UniCuritiba ficou com o 2º lugar.

O estudante da PUCPR, Abner Arias Fugaça diz que, no ano passado, perdeu a final e a vitória, desta vez, era tudo que precisava “Esta vitória veio na hora certa, já que é o meu último ano da faculdade. Quero agradecer a todos os meus colegas, pois sei que sem eles não teríamos conseguido”.

Para Matheus Henrique Borges, da UniCuritiba, todos fizeram um bom trabalho. “A equipe da PUCPR era muito forte, mas o mais importante é que saímos com um grande aprendizado”, disse.

A equipe da Tuiuti (acusação) foi representada pelos estudantes Ana Paula Andriola Sanches, Rodolfo Mair Coelho, Rafael Miranda de Andrade, Alexandre Cavalli das Neves e Ygor Nachornik. A da FAE (defesa) pelas estudantes Caroline Sousa Rangel, Nathalie Aline Moura Tatin e Nyna Hellen Krieger de Sant Anna.

A Tuiuti ficou em 3º lugar.

Na avaliação do juiz Daniel Avelar o júri da manhã foi uma disputa mais técnica, enquanto o da tarde envolvia uma negativa de autoria, mais emocional, também em razão do plenário estar lotado de estudantes e familiares. “Mas todos estão de parabéns. Parabenizo também a organização do Curso Luiz Carlos, pois a Liga agora já está consolidada e é preciso pensar na possibilidade de expandir a disputa, inclusive incluir universidades de outros estados, quem sabe de Santa Catarina, São Paulo ou mesmo do interior do Paraná”.

O diretor acadêmico do Luiz Carlos, professor Gustavo Arns, confirma o interesse de outras instituições de ensino em participar da Liga no próximo ano. “A ideia é manter o grupo de faculdades que têm participado e realmente expandir, para termos a quarta edição ainda mais forte que este ano. Os debates desta terceira edição foram incríveis e a participação do público cada vez maior. O feedback que recebemos foi muito bom e iremos, na sequência, iniciar as tratativas para a próxima edição”, diz.

A FAE ficou com a 4ª colocação.

Os jurados da disputa do 3º e 4º lugares foram os estudantes Marcos Roberto Ferreira, Monica Lais Macedo e Maurício Marques de Oliveira. Os do 1º e 2º lugares, Thiago Henrique Castro Aviz, Elizaine Ferreira Medeiro, Gabriel Cruzetta Bittencourt, Daiane Pereira de Souza, Braycon Verdan, Maurício Marques de Oliveira e Eduardo.

Durante as disputas o Luiz Carlos sorteou quatro bolsas integrais, para módulos de cursos da pós-graduação.

EQUIPES – Este ano a competição contou com a participação de oito instituições de ensino: Opet, UniCuritiba, Tuiuti, UFPR, PUCPR, FAE, Positivo e UniBrasil.

A primeira edição do Júri Simulado, realizada em 2015, foi vencida pela Universidade Positivo (UP) e a segunda, no ano de 2016, pela Universidade Federal do Paraná (UFPR).

Veja algumas imagens do evento:

 

Aulas, notícias, cursos, dicas e atualizações.

Cadastre-se e fique por dentro!